Picanha

Picanha, confira dicas do Mestre e faça aí na sua casa!

Antes de qualquer coisa, se existe algum corte que só de pensar já dá água na boca, este corte é a picanha! Quem aí concorda? Não é para menos, afinal, este corte possui uma gordura deliciosa e além disso, simplesmente derrete na boca! 

Para quem não sabe, a picanha é um corte nacional, isso mesmo, brasileiríssimo! Todavia, ganhou um preço alto após ser exportada e ganhar fama mundo afora. No entanto, ainda continua sendo a preferência de muita gente! Sendo assim, é um corte muito desejado e possui a preferência em muitas churrascarias pelo país.

Antes de mais nada, confira as dicas do Mestre da ChurrasKing sobre como comprar uma picanha de verdade!

PICANHA, CONFIRA DICAS DO MESTRE E FAÇA AÍ NA SUA CASA

Tome cuidado com as falhas na gordura

Isso pode ser uma característica de um possível hematoma, sendo assim, na dúvida é melhor evitar a comprar;

Gordura amarelada

A gordura amarelada pode ser um sinal de animal velho, no entanto, também pode ser que a alimentação do boi causou essa coloração. Inclusive, os gados alimentados a pasto, apresentam a gordura mais amarelada devido ao betacaroteno, em outras palavras, um pigmento natural que contém nas pastagens. 

Gordura muito branca

Os gados jovens e aqueles que são alimentados com grãos têm a gordura mais branca. Contudo, existem selos de certificados que comprovam a procedência da alimentação dos gados. Caso tenha dúvidas, pergunte ao seu açougueiro. 

Como comprar uma picanha:

Opte pelas carnes que possuem a altura de um dedo a dois dedos de gordura;

Escolha o corte que tenha a gordura lisa;

Observe bem o marmoreio, uma boa picanha tem um ótimo marmoreio;

Quando comprar a vácuo, escolha as carnes que estejam bem justas ao plástico. 

Formas de preparar 

A picanha é uma carne extremamente versátil. Devido a sua maciez, você pode prepará-la tanto na brasa quanto no forno e até mesmo na frigideira ou panela de pressão. Assim sendo, existem muitas receitas super diferenciadas que você pode fazer aí na sua casa. 

Com a picanha, não tem erro! Basta não fazê-la invertida que está tudo bem. 

Entretanto, o nosso foco aqui é a brasa, por isso, vamos focar neste modo de preparo. 

Já acendeu a brasa?

Primeiramente, na brasa você pode preparar a picanha no espeto, em postas, na grelha, inteira… A sua maciez proporciona uma versatilidade exemplar devido à nobreza desta carne.

Caso tenha dificuldades em acertar o seu ponto certo, o melhor é cortar a carne em postas com mais ou menos dois dedos. Assim, você nota mais rapidamente se ela está no ponto certo observando.

Não há muito problema em consumir a picanha bem passada, além da questão do gosto, não há muito perigo de deixar a carne dura. 

Dicas do Mestre

Para mais pessoas:

Convidou os amigos para tomar uma gelada e comer uma picanha deliciosa na brasa? A nossa dica é: corte as picanhas em bifes com a espessura de aproximadamente dois dedos e coloque na grelha ou na parrilla. Assim, todos poderão comer ao mesmo tempo, já que os cortes ficarão prontos juntos!

A peça inteira:

De antemão, faça cortes na gordura em sentidos diagonais, para ficar cheio de quadradinhos, sele a gordura na grelha ou na parrilla, e depois a carne. Assim a gordura não ficará crua. Para atingir o ponto para mais passada, corte em bifes depois de selar. 

No espeto:

Corte a picanha em posta, faça uma dobrinha com a gordura para fora e espete a carne, tipo meia lua como é feito nas churrascarias. Logo após, acrescente as demais postas em fileiras e é só colocar na presa.

Em qualquer dica você pode salgar antes ou depois. No entanto, para salgar antes, opte por sal grosso e para salgar depois, use sal de parrilla mais fino, assim não tem perigo de machucar os dentes.

RECEITAS!

Picanha no espeto de Churrascaria, por Patricio Carvalho

Ingredientes:
Picanha;
Sal Grosso;

Primeiramente, corte a picanha em bifes de 3 dedos, logo após espete a carne no espeto pelo lado da gordura. Depois, enrole a carne em formato de bolinha e empurre o espeto com a ajuda da barriga. Agora, basta salpicar com sal grosso nos dois lados da carne e assim, leve para a churrasqueira com 30 cm da brasa.

Basta dourar todos os lados da carne, sendo assim, não se esqueça de ir virando o espeto. Quando atingir o ponto ideal, tire-a da churrasqueira, bata na carne para tirar o excesso de sal grosso e vai casqueirando a carne. Depois, basta voltar para a churrasqueira e ir repetindo a operação. 

Picanha de Bar, por Fagner GG

Você vai precisar de um rechaud ou frigideira de ferro quente para esta receita.

Ingredientes:
Picanha;
Uma cebola grande;
3 dentes de alhos laminados;
Azeite;
Sal de parrilla.

Primeiramente na picanha inteira, faça cortes formando quadradinhos na gordura. Logo após, tempere com o sal de parrilla. Feito isso, leve para a grelha a fim de selar a carne primeiro por cerca de seis minutos, depois, eleve a grelha e grelhe a gordura da carne.

Nesse meio-tempo, já deixe o seu rechaud de ferro esquentando.

Corte a cebola em julienne e leve para a frigideira a fim de dourá-la, faça o mesmo com os alhos laminados. 

Agora, retire a picanha da brasa e a deixe descansar por alguns minutos. Passado este tempo, fatie-a e leve para o rechaud quente.

Finalize este prato delicioso com a cebola e o alho por cima da carne. Pronto, agora é só se deliciar. 

Deixe uma resposta